Contas a vida 360
Coaching Financeiro Finanças Pessoais

10 hábitos que te podem levar à falência!

Os números são importantes, mas um dos pilares das finanças pessoais são os nossos hábitos e comportamentos em relação ao dinheiro. Já falamos aqui sobre a Mentalidade Financeira e a importância de analisarmos a forma como racionalizamos as atitudes.

Aqui estão os 10 hábitos que tendo a consciência que nos prejudicaram, ajudam-nos a reduzir o seu impacto negativo para eliminá-los completamente.

Tem atenção a estes 10 hábitos que te podem levar à falência!

1. Comparar-se aos outros

Comparar-se com os outros e tentar competir só leva a frustrações desnecessárias e a tomar más decisões financeiras. Combate a tentação de acompanhar os outros, concentra-te nas coisas positivas da tua vida.

2. Não ter um plano

Não ter um objetivo um financeiro é extremamente prejudicial. Não saber para onde ir ou o para quê que estás a trabalhar significa que provavelmente estás numa situação em que não pretendias estar.

3. Pensamento Negativo

Se a tua situação financeira não está onde gostarias de estar, atenção aos pensamentos e palavras que usas. Se  pensas ou dizes coisas como “eu nunca vou sair dessa confusão”, estás praticamente a garantir que não sairás disso. Os teus pensamentos têm que estar alinhados com as tuas ações.

4. Não priorizar os teus valores

Se não sabes se a maneira como lidas com dinheiro reflete os teus valores, faz uma análise de para onde teu dinheiro está a ir. Anota várias coisas que valorizas. Pode ser desde passar tempo com os filhos, desenvolvimento pessoal, viagens; que for que consideres importante na tua vida.

Agora, avalia os últimos três meses dos teus gastos. Dirias que onde gastaste teu dinheiro reflete o que valorizas?  Se não o fazes, não vais conseguir atingir os teus objetivos.

5. Viver além das tuas possibilidades

Parece óbvio, mas na verdade não é.

Ter, por exemplo, a necessidade recorrente de utilizar um cartão de crédito para gastos mensais (como roupas, sapatos, etc) é um indicativo que estás a viver acima das tuas possibilidades. Deves rever todas as tuas despesas. Basta um acontecimento fora do normal para cair em dividas desnecessárias.

6. Gastos Emocionais

Os gastos emocionais podem causar muitos estragos. Se estás triste, zangada ou eufórica e a tua forma de escape é ir às compras, esses gastos emocionais podem levar a sérios problemas. É  importante perceber o que te leva a esses gastos e lidar com o motivo em si para evitar futuros gastos.

7. Deixar-se influênciar por terceiros 

É bom ter alguém que ajude e que incentive a fazer as coisas certas. Mas se tens alguém que tem um impacto negativo sobre as tuas decisões financeiras aprende a dizer Não.

8. Não falar sobre dinheiro

É uma questão muito cultural não falar sobre dinheiro. Mas esse hábito é prejudicial porque é fácil entrar em um caminho financeiro negativo quando guardas as coisas para ti mesmo.

Como evitar?

  1. Fale em Família sobre dinheiro
  2. Incutir desde cedo bons hábitos financeiros aos filhos
  3. Estabelecer objetivos financeiros em família.

9. Ignorar a própria situação

Não reconhecer como estás financeiramente é um hábito muito prejudicial. Acabar com a negação, decidindo agir ao que está a acontecer financeiramente, não importa o quão mal pensas estar. Muitas vezes, não saber é mais assustador do que a realidade que estás a evitar.

10. Esperar mudanças sem mudar nada

Todos queremos uma mudança positiva, mas geralmente queremos AGORA e sem nos esforçarmos para trazer essa mudança. É difícil admitir isso, mas esse hábito pode levar a optar por soluções rápidas, mas que depois não resultam. Reconhecer que a mudança é impossível sem esforço, e estar disposto a exercitar a disciplina e a paciência necessárias para trabalhar e ver a mudança que estás à espera vai te trazem bons resultados.

Artigos Relacionados

Dicas de planeamento de refeições

Bem-vindos ao Contas à vida 360º

5 Bons hábitos para ter Estabilidade Financeira

Deixa um comentário