Contas a vida 360
Empreendedor

Como Ganhar mais como Freelancer

Boas Práticas para Ganhar mais como Freelancer

Ultimamente têm se assistido a uma grande instabilidade no mercado de trabalho. O conceito do trabalho para a vida toda desapareceu, e com isso muitas pessoas arriscaram na criação do seu próprio negócio. Trabalhar como freelancer ou Trabalhador Independente tem suas vantagens, flexibilidade de horários, trabalhar a partir de casa são algumas delas. Mas é preciso muita disciplina para conseguir lucrar, manter o foco e as contas em dia.  O fluxo de trabalho é instável e o rendimento também.

Tendo isto em conta, para quem quer trabalhar por conta própria é importante mudar certos hábitos. Planear as contas mensalmente, por exemplo, é para quem sabe exatamente quanto recebe no final do mês. Os freelancers devem organizar-se por semestre ou por ano. Esta perspectiva ajuda a preparar-se para os pagamentos das contas mensais e a controlar gastos superfulos. Reduzir as prestações ao mínimo possível é o ideal.

Ficam aqui algumas dicas de organização para quem já é ou para quem pensa aventurar-se no mercado como freelancer.

1. Saber o nosso valor

Dê valor à sua marca pessoal. Contratar um freelancer é benéfico para as empresas, pois conseguem um serviço muitas vezes esporádico e a curto prazo sem que precise de contratar alguém. Mas atenção, cuidado com quem o quer contratar e pensam que o trabalho de um freelancer é mais barato ou que pedincham demasiado. Tem que haver uma abertura para negociações mas nunca aceite uma remuneração inferior ao valor do seu trabalho. Valorize-se como profissional, acredite na sua qualidade. Prefira que seja conhecido pela sua qualidade do que por ser “o mais barato”.

Dica: Aprenda mais sobre o valor da marca pessoal com a Coaching com a Catarina Louçada Rodrigues

2. Monitorize o tempo gasto em cada tarefa

Não é por não ter um horário fixo que pensa que vai trabalhar menos. Muito pelo contrário. é importante monitorizar o tempo gasto com cada tarefa até para o ajudar a tabelar o seu preço consoante o numero de horas que determinado trabalho demora. Mais vale  um trabalho bem feito que demore mais tempo do que um serviço mal feito. Os seus clientes vão recomenda-lo pela sua qualidade e não pela rapidez que entregou algo (principalmente se o entrega mal feito).

Dica: o programa Runrun.it ajuda a controlar e monitorizar o tempo gasto em cada tarefa. É pago mas tem uma versão Trial.

3. Faça uma tabela de preços

Torna-se mais fácil de controlar e até para os próprios clientes conhecerem os seus serviços. Estas informações se forem dadas antes do primeiro contrato evitam aquela conversa constrangedora sobre orçamento. Quem o quer contratar já tem em conta esses valores, caso queira algo mais concreto aí sim, pode negociar.

4. Partilhe o seu trabalho e o feedback dos clientes 

A recomendação dos seus clientes é a melhor forma de obter novos clientes. Mantenha algum tipo de portefólio ou um site onde partilhe, ou até mesmo uma página no Facebook, dependendo do tipo de negócio. Desse modo, pode divulgar a qualidade do seu trabalho e testemunhos de clientes satisfeitos. Isso gera respeito, e aumenta a procura dos clientes.

Dica: Para a criação de um site/blog recomendo o trabalho muito bom da Filipa Rodrigues e sua equipa da Designteam (Site e Facebook)

5. Habitue aos seus clientes  que os preços podem aumentar 

Sobretudo aos clientes regulares. É importante terem a noção que os seus preços podem alterar consoante o numero de pedidos, o material utilizado ser mais caro entre outras variantes. Assim evita reclamações relativas ao aumento.

6. Cumpra sempre os deadlines

Quando fecha um contrato como freelancer, estabelece, entre outras especificações, o deadline para a entrega. É importante que cumpra sempre com o que se comprometeu. Mais vale estabelecer um prazo realista do que deixar de cumprir um prazo. Um Freelancer terá sempre o estigma que “so trabalha quando quer”, o cumprimento dos prazos é o que faz com que o cliente possa confiar em si.

Dica: Aprenda no Nomadismo Digital como organizar o trabalho de Freelancer

Ler também:

http://wordpress-129713-374102.cloudwaysapps.com/2017/04/02/6dicas-para-trabalhadores-independentes/

Artigos Relacionados

1º Passo para ser um Empreendedor informado

Seguro de Responsabilidade civil, o que é e para que serve?

Imposto Pagamento por Conta

Deixa um comentário