Contas a vida 360
Coaching Financeiro Finanças Pessoais

5 Bons hábitos para ter Estabilidade Financeira

Para mudar a nossa vida financeira é necessário primeiro que tudo mudar de hábitos. Não vale a pena viver na ilusão de querer poupar mais, ou sair da situação de endividamento mantendo os velhos hábitos que levaram a essa situação. A partir da consciencialização e da vontade de mudar é o ponto de partida para colocar a sua vida em ordem e alcançar um mínimo de estabilidade financeira. Como?

Seguem aqui algumas dicas!

 1º Gastar menos do que Ganha

Pode parecer lógico mas é mesmo o mais importante. Mais importante até do que o valor  que se ganha. Se pensa “se eu ganhasse 2000€ eu conseguiria poupar” ou “quando eu ganhar 3000€ começo a poupar!”,  a verdade é que se não tem a disciplina de poupança, nunca vai poupar quer ganhe 500€, 1000€ ou 2000€.

De que adianta ter 1 milhão na sua conta agora, se gastar mais do que recebe? Este é um ciclo vicioso que pode acabar em perder o controle sobre o seu dinheiro e a contrair dívidas intermináveis e impagáveis, só para manter um padrão de vida que não pode suportar agora. Saiba os seus limites e viva em função disso.

Se a realidade da poupança no momento é quase impossível, porque está cheio de dívidas e em completa desorganização financeira procure ajuda, leia, aprenda e esforce para sair dessa situação e começar a poupar. Sugiro a leitura deste artigo.

2º Usar um Sistema de Acompanhamento do seu Orçamento

Saber quanto dinheiro entra no seu orçamento, quanto dinheiro sai e para onde esse dinheiro vai, é fundamental. Pode fazer esse acompanhamento através de uma folha em excel, uma aplicação no telemóvel ou um simples caderno.adapte o que melhor funciona.

O Programa Boonzi permite uma correta gestão do orçamento e pode controlar cada cêntimo, seja no PC ou no telemóvel. Aqui explico como fazer

3º Ter um Fundo de Emergência se proteger contra imprevistos

O fundo de emergência protege-nos para qualquer eventualidade. É como um seguro para ser usado só e apenas quando perdemos os nossos rendimentos mensais de forma brusca. Deverá ser de entre 3 a 6 meses (o ideal seria 12 meses) do valor das despesas fixas que tem mensalmente.

Por exemplo, se ganha cerca de 1000€ mensais e tem  gastos à volta dos 900€. O primeiro objetivo é criar o fundo para 3 meses, então tem que juntar 900*3= 2700€, depois de cumprir o primeiro objetivo trace os 6 meses e assim sucessivamente. É difícil criar um fundo de emergência, achamos sempre que não sobra dinheiro no fim do mês, mas se estipularmos logo no inicio um valor para colocar de lado, por exemplo 50€, adaptamos o orçamento com menos esse valor e olhamos para isso como uma “conta a pagar”.

Este é um dos hábitos mais importantes de se colocar em prática, pois é o que vai proporcionar a sensação de segurança financeira, caso algum imprevisto aconteça. Tudo sobre o fundo de emergência aqui.

 Acompanha o meu #desafiopoupandomil na construção do meu fundo de emergência de primeiro nível aqui e no Facebook

4º Investir o Dinheiro que Poupou com Segurança e Conhecimento

Tudo começa na poupança, mas uma vez poupado o dinheiro precisa aprender a investir com segurança e qualidade. Para isso é necessário que esteja atento ao que está acontecer no mercado e na economia. Já falamos aqui da Raize, que é apenas um exemplo de investimento e em breve mais dicas de investimento possível em Portugal. Estou a aprender e quero partilhar tudo o que aprender aqui!

5º Ter mais de uma fonte de renda

Para ajudar a acabar com as dívidas ou a solidificar mais rapidamente o fundo de emergência, pode sempre procurar outras fontes de rendimento. Especialmente se encontrarem algo que realmente goste de fazer, o que dará uma motivação extra para se dedicar a isso.

Hoje em dia, existem infinitas possibilidades de se conseguir uma renda extra, principalmente na internet. Abrir negócios novos sem precisar sair do emprego, vendas por catalogo, vender algo que faça bem (artesanato, bolos etc). Basta um pouco de imaginação. Diversificar as fontes de renda, além de lhe proporcionar mais possibilidades de ganhos, gera também uma margem de segurança. Caso algum dos negócios passe por dificuldades, o(s) outro(s) continuarão a lhe gerar dinheiro.

Conclusão

Os hábitos não se criam de um dia para o outro. Mas com disciplina e perseverança é possível. Afinal o primeiro passo está dado com a leitura desde artigo!

Partilha este artigo para todos ganharem bons hábitos. Comenta outras dicas e outros bons hábitos para alcançar a estabilidade financeira.

http://wordpress-129713-374102.cloudwaysapps.com/2017/03/24/1o-baby-step-dave-ramsey-como-poupar-1000e/

Artigos Relacionados

Certificado Energético Tudo o que precisa de saber

10 Dicas para te ajudar a melhor gerir o teu dinheiro

Posso evitar viver do Crédito? Sim, existe alternativa!

Deixa um comentário