Contas a vida 360
Finanças Pessoais

Como faço o orçamento familiar?

flyer-boonzi-300x300

Elaborar o orçamento familiar permite-nos ter uma visão clara, real e verdadeira de onde vem o dinheiro e para onde vai. Só com essa informação rigorosa podemos tomar decisões conscientes e com impacto na nossa vida financeira que nos permite sair de situações de endividamento ou  decidir se estamos preparados para a compra de uma casa, por exemplo.

Para isso é essencial anotar todas as entradas e saídas de dinheiro, para que consiga conhecer os seus hábitos de consumo e perceber onde pode ajustar o seu orçamento e poupar mais dinheiro ou simplesmente dar-lhe um melhor destino. Há quem faça esta gestão com o Excel ou mesmo usando uma folha de papel, mas hoje em dia pode também contar com aplicações de finanças pessoais criadas para simplificar este processo e torná-lo mais rápido.

Como faço um orçamento familiar?

1 – Instalar o Boonzi

boonzi-logotipo-300x300Boonzi é uma aplicação de finanças pessoais, que foi desenvolvido por uma startup portuguesa. É uma ferramenta muito útil e consegue-se facilmente controlar gastos, fazer orçamentos mensais/anuais, prever gastos futuros, entre outros. Fornece relatórios detalhados e categoriza as despesas (facilmente personalizavel).

É uma excelente ferramenta, muito simples de utilizar e super intuitivo…o Boonzi Desktop é compatível com computadores (Windows e MacOS), o Boonzi Mobile com smartphones e tablets (Androide iOS) e o Boonzi Premium permite sincronizar os dados entre todos os dispositivos inclusive por todos os elementos do agregado familiar.

Não precisa de bloco de notas, pode apontar as despesas no momento e permite copiar facilmente os extratos bancários com apenas um “copy paste” do  homebanking. Já não há desculpa de se perder muito tempo a inserir todas as transações uma a uma!

 30-days-boonzi-trial-images-42

Como experimentar gratuitamente o Boonzi?

Boonzi oferece 30 dias completamente gratuitos e sem limites de funcionalidades. Após este período, pode continuar a usar o Boonzi gratuitamente abdicando de algumas funcionalidades, ou adquirir uma licença, se pretender o uso completo.

Nada melhor que instalar a versão grátis, testar durante um mês… se ainda não tem a certeza continua com a versão light até decidirem que decididamente vale o investimento!

Para instalar clicar aqui

Nota: A instalação faz-se primeiro no PC, com o Boonzi Desktop, depois ativa-se o Boonzi Premium e a instalação no mobile também, pela app do Boonzi. Não é possível instalar apenas no telemóvel, de forma a não sobrecarregar o telemóvel com o backup da informação.

2 – Apontar todas as despesas

Mas quando eu digo todas…são mesmo todas! É importante fazer um levantamento real de todas as entradas e saídas de dinheiro e saber quanto é que essas pequenas despesas realmente pesam e se queremos/podemos reduzi-las (almoços fora, cafés, pequenos almoços, saídas).

No Boonzi sugiro a criação de uma conta “carteira” em que o saldo será o dinheiro que tem para as pequenas despesas e com a aplicação Boonzi Mobile basta orcamentos-mobileum toque e facilmente atualiza a despesa na hora para evitar esquecimentos.

3 – Analisar relatórios

Após um mês é possível olhar para os relatórios e analisar os resultados. Podem surgir muitas surpresas de despesas que não imaginava, ou até mesmo sustos pelo volume de certas “pequenas” despesas. Olhar com atenção para os resultados permite ter uma visão global e pensar onde concretamente podemos reduzir despesas e orçamentar os próximos meses em função disso.

visao-geral-800x497

4 – Delinear a estratégia de Poupança

Já analisou o relatório ? Então está na altura de delinear estratégias de poupança.

Seguem alguns exemplos, mas o importante é adaptar sempre a sua estratégia à sua situação em concreto.

  • Diminuir/estipular um valor para as despesas pequenas (almoços fora, lanches);
  • Renegociar contratos de fornecimento de serviços,
  • Criar uma conta poupança com uma transferência automática para iniciar um fundo de emergência;
  • Anular inscrições de quotas/revistas ou outros serviços que não usa;
  • Reavaliar todos os seguros e ponderar renegociações/alteração de seguradora;
  • Apontar na agenda todas as datas de vencimento de prestações para não falhar datas;
  • Ponderar na alteração de datas de débito de prestações para evitar juros de atraso;
  • Estipular um valor superior  ao mínimo de pagamento de Visa de forma a eliminar essa divida num prazo de meses previamente estipulado.

5 – Ver resultados e manter a disciplina

Depois de analisar e colocar a sua estratégia em prática está na altura de ver os resultados. Pode com o Boonzi  comparar meses, adaptar estratégia e precaver-se para aqueles meses mais difíceis quando sabemos que “aquela” despesa vai cair mas nunca nos preparamos verdadeiramente e torna-se sempre naquela “surpresa desagradável”.

#dicadodia – Por exemplo sabe que o IMI é pago em Abril e que paga cerca de 200€, pondere dividir 200/12 e colocar de parte 17€/mês para quando chegar a altura o desfalque não ser tão grande.

Iremos futuramente falar um pouco mais em pormenor sobre esta aplicação, se ficou alguma duvida ou sugestão partilhe.

Utilizando papel, Excel, ou uma ferramenta como Boonzi, o importante é que faça o registo
de todas as suas despesas e mantenha o seu orçamento sempre controlado.

Artigos Relacionados

Rendas de Quartos não entram no IRS

Dicas de Organização e Planeamento

Método dos envelopes

12 comentários

Dicas de Organização e Planeamento | Contas à vida 360º 18 Janeiro, 2017 at 12:46

[…] Boonzi – Finanças Pessoais – Vejo em qualquer altura o estado nas minhas Finanças, juntamente com as aplicações do homebank tenho acesso instantâneo a tudo (mais detalhes aqui) […]

Responder
A Caminho da Independência Financeira | Contas à vida 360º 19 Janeiro, 2017 at 11:18

[…] a utilização do Boonziou outro software de gestão de finanças pessoais (mais informações aqui). Comece 2017 com orçamentos definidos para os primeiros meses do ano e vá adaptando consoante as […]

Responder
Sabes quanto pagas em seguros? | Contas à vida 360º 20 Janeiro, 2017 at 13:55

[…] já é utilizador do boonzi tem essa informação automática. Se ainda nao é, informe-se aqui e pondere iniciar a sua […]

Responder
5 dicas de Gestão do Orçamento | Contas à vida 360º 21 Janeiro, 2017 at 13:00

[…] continuar a gasta-lo dessa forma. Se depois da análise do orçamento familiar (que foi falado aqui e aqui), apercebemos de quanto gasta por exemplo em almoços fora…trata-se de uma escolha se […]

Responder
Estou desempregado e agora? | Contas à vida 360º 22 Janeiro, 2017 at 13:41

[…] Olhe com atenção, apontem todas as despesas e façam o somatório mensal, analisem em família e… […]

Responder
5 dicas de gestão de orçamento | Contas à vida 360º 10 Fevereiro, 2017 at 17:54

[…] Elaborar o orçamento familiar permite-nos ter uma visão clara, real e verdadeira de onde vem o din… […]

Responder
comissões de serviços bancários a 0€ | Contas à vida 360º 4 Março, 2017 at 12:04

[…] controlar esse e outras despesas, conforme sugeri aqui, podem controlar o vosso orçamento familiar através da ferramenta […]

Responder
termos bancários - tudo o que precisa de saber | Contas à vida 360º 26 Abril, 2017 at 13:42

[…] 1 – Efetue um orçamento familiar rigoroso […]

Responder
Será que vale a pena um Plano Poupança Reforma? | Contas à vida 360º 6 Maio, 2017 at 16:01

[…] Se não sabes (ou não queres) investir ou tem dificuldade em poupar, o PPR é uma excelente forma de conseguires fazer ambos e garantir uma qualidade de vida muito melhor do que a que teria se estiver a contar com a reforma da Segurança social. Quanto mais cedo começares, mais fácil será juntar a quantidade suficiente e menos pesará no teu orçamento familiar. […]

Responder
Susana 31 Maio, 2017 at 10:32

Boas dicas. Obrigado

Responder
Mariline 31 Maio, 2017 at 11:04

Muito obrigada! volta sempre 😉

Responder
Sabes calcular o teu ordenado líquido? | Contas à vida 360º 9 Junho, 2017 at 13:41

[…] Agora que sabes quanto ganhas, é este valor que deverás contabilizar quando estás a preparar o teu Orçamento Familiar. […]

Responder

Deixa um comentário