Contas a vida 360
Impostos

IRS Automático é para quem afinal?

O IRS Automático trata-se da declaração do Modelo 3 de IRS totalmente preenchida com base na informação declarada ao longo do ano (pelas entidades patronais, efatura, etc).

Quem está abrangido pelo IRS automático?

  • Contribuintes com rendimentos da categoria A (trabalhadores dependentes) e/ou H (pensionistas), com ou sem dependentes,
  • Contribuintes com rendimentos tributados por taxas liberatórias nos quais os contribuintes não optem pelo englobamento.

Todos os contribuintes  que estão abrangidos pelo IRS Automático poderão sempre confirmar a declaração antes de submetê-la.

Caso não esteja nesta situação, ou seja, se tiver rendimentos categoria B, receber pensão de alimentos, tiver contabilidade organizada ou declarar por exemplo a compra de um imóvel, o IRS automático não está disponível e terá que entregar a declaração inserido e validado os valores que já lá constam, como nos anos anteriores.

E se a declaração automática não estiver correta?

Poderá sempre alterar, optando por entregar o IRS de forma normal.

Caso não aprove a declaração automática nem submeta outra, será entregue automaticamente no último dia do prazo para evitar coimas segundo o Governo.

Quando recebo o reembolso?

Segundo o Ministério das Finanças pode receber em 12 dias.

É possível saber antes o valor do reembolso?

Como até aqui, todos os contribuintes podem fazer uma simulação antes de submeter.

Artigos Relacionados

IRS para pais separados com filhos. O que muda já em 2017 e em 2018

Como Organizar o IRS #IRS2016 Parte 2

Finanças estão a impedir a compra e venda de Imóveis

Deixa um comentário